Quarta-feira, 18.10.17

Deram-me um pato, já morto, depenado e arranjado.

Oh que chatice!!!

Vai para a panela com um molho de salsa generoso, um pouco de linguiça, um cebola, sal e água.

Como não sei de o "freguês" era velho ou não, depois de levantar fervura, vai estar ao lume uns 45 minutos.

Depois de cozido, tiro as carnes e ponho o caldo no frigorífico para a gordura coalhar. Assim é mais fácil tirar o excesso de gordura. Por isso faço este comer de um dia para o outro!

Quando for altura de fazer o arroz, tiro a gordura do caldo, e ponho ao lume para cozer o arroz.

Desfio a carne, salteio-a num pouco  de azeite e massa de alho.

Com o arroz cozido, unto um pirex com um pouco de margarina, e ponho camadas alternadas, arroz e carne. Termino com arroz. Disponho a linguiça as rodelas e pincelo com ovo batido. Vai ao forno a tostar.

Para mim, a única alteração que faço em relação ao da família, é substituir o arroz normal, por couve flor!!!! ( é que estou a tentar perder 30kg para evitar ir á faca.....)

tags:
publicado por donadecasadesempregada às 08:56 | link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24.01.17

Arroz de legumes no forno (vegan)

http://lifestyle.sapo.pt/sabores/receitas/arroz-de-legumes-no-forno-vegan

 

 

 

Ainda não fiz mas vou experimentar, encheu-me o olho e a boca de água 

 

INGREDIENTES

  • Cebola média 1 unidade
  • Dente de Alho 1 unidade
  • Beringela 1/2 unidade
  • Curgete 1/2 unidade
  • Couve flor pequena 1/2 unidade
  • Cogumelos Porto Belo 3 unidade
  • Arroz tipo para risotto 300 g
  • Azeite e sal adicionar q.b.
  • Açafrão (opcional) adicionar q.b

 

PREPARAÇÃO

Aqueça uma frigideira em ferro, ou outra que possa ir ao forno.

Adicione um fio de azeite, o alho e a cebola cortados em cubos e deixe alourar ligeiramente.

Adicione a beringela, a curgete e os cogumelos cortados em cubos com cerca de 1 cm.

Adicione também a couve-flor, previamente lavada e cortada em pedaços pequenos. Tempere com um pouco de sal e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando, durante cerca de cinco minutos.

Adicione o arroz, um pouco de açafrão (opcional) e deixe fritar por cerca de três minutos, ou até sentir que o arroz estale. Entretanto, ligue o forno nos 200 ºC.

Cubra com água (cerca de 700 ml) ou caldo de legumes, bem quente, mexa, retifique os temperos e deixe ferver, em lume médio, durante dez minutos.

Leve então ao forno por mais dez a 15 minutos, até que o arroz tenha praticamente absorvido a calda e apresente uma cor alourada.

Sirva de imediato.

 

publicado por donadecasadesempregada às 00:41 | link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10.01.17

bolinhos-de-arroz

Esta receita é fácil de identificar a sua origem!

Experimentei e gostamos!

Foi mais uma forma que encontrei de pouco fazer algum!!!!!!

 

Ingredientes:

  • 2 chávenas (chá) de sobras de arroz cozido
  • 2 colheres (sopa) de queijo ralado
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • Sal e salsa picada a gosto
  • Farinha de rosca para panar
  • Óleo para fritar

Modo de preparação:

  1. Bata no liquidificador o arroz.
  2. Coloque o arroz numa tigela e acrescente os restantes ingredientes.
  3. Se for necessário, adicione aos poucos mais farinha de trigo para dar ponto de enrolar.
  4. Passe na farinha de rosca e frite em óleo quente.
publicado por donadecasadesempregada às 00:06 | link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10.08.16

Tinha 3 postas de pescada pequenas na arca e duas cenouras pequena no frigorífico.

"Hummmm tenho de lhe dar uso" pensei cá com os meus botões.

Então fiz o seguinte

 

INGREDIENTES:

Pescada

Água

Sal

Azeite

Cebola

Alho

Cenoura

Repolho

Vinagre

Arroz

Tomilho

 

Cozi a pescada com água e sal.

Entretanto, pus um fio de azeite num tacho a aquecer. Mas o lume estava no mínimo porque a quantidade de azeite era mínima. Juntei uma cebola picada, 3 dentes de alho e juntei uma pitadinha de sal muito pequena. Tapei e deixei refogar. Entretanto descasquei as 2 cenouras pequenas, piquei-as e juntei ao refogado. Tapei para conservar o vapor libertado.

Achei que era pouco e não estava a ficar como eu queria.

Então fui á arca, tirei 2 mãos cheias de repolho em Juliana, passei por água e juntei ao refogado. Assim sim, já estava a ter outra cara!

Entretanto o peixe já estava cozido. Retirei-o da água para arrefecer. Coei a água da cozedura do peixe e juntei ao refogado.

Rectifiquei os temperos...

Mas ainda não estava como eu queria...

Então como não tinha limão, juntei-lhe uma colher de sobremesa de vinagre e mexi muito bem e juntei-lhe o arroz.

Agora já estava a ter outra "cara", mas ainda faltava qualquer coisa....

Fui ao quintar buscar umas folhinhas de tomilho. Mas foram poucas porque o tomilho tem um aroma um pouco forte e eu não queria isso e juntei.

Por fim juntei o peixe limpo de pele e espinhas. Envolvi tudo muito bem, e...?

VOILÀ.

" Oh mãe o almoço está uma maravilha. Tens de fazer mais vezes"

Boa acertei.

Fácil, rápido, nada caro e TODOS querem que eu repita!!!!

 

publicado por donadecasadesempregada às 10:46 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 29.02.16

Esta receita é rápida de fazer e normalmente o miudos adoram. Pode ser acompanhada por uma salada e antecipada por uma sopa.

 

Ingredientes (as quantidades cá em casa são a olho):

Arroz

Água

Tomate

Cebola

Alho

Pimento

Louro

Sal

Atum

Coentros

 

Preparação:

Faz-se um refogado com a cebola, alho, tomate, pimento e os pés dos coentros, sal.

Junta-se o arroz e deixa-se "cozer" ligeiramente no refogado. Quando o refogado está a ficar apurado junta-se o atum, envolve-se muito bem. Junta-se água a ferver, mexe-se,  retifica-se o tempero e deixa-se cozer em lume brando.

Quando o arroz estiver cozido apaga-se o lume e junta-se as folhas dos coentros picadas.

Está pronto a servir.

Só mais uma coisa, este arroz fica muito bom quando fica caldoso.

E é uma refeição barata, que dá para comer fria, logo serve para levar na marmita.

É só economizar .

tags:
publicado por donadecasadesempregada às 00:07 | link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26.02.16

Descobri parte desta dica na net, outra parte contaram-me hoje quando fui beber café e a outra já sabia!

Ainda não experimentei nenhuma mas optei por partilhar e gostava de saber se estão prontas para partilhar os vossos truques.

 

Como deixar o arroz soltinho:

 

1º opção - Na hora de cozer o arroz, juntar uma colher de sobremesa de vinagre.

2ª opção - O arroz ficou empapado? Então coloca-se o arroz num coador e passa-se por água fria e corrente, como se faz para as massas.

3ª opção - 2 partes de água para 1 parte de arroz.

 

Pessoalmente faço a olho, como em tudo. Logo umas vezes fica solto outras "agarrado", outras molhadinhos... Uma coisa é certa no meu arroz não há monotonia !!!!

tags:
publicado por donadecasadesempregada às 10:51 | link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28.01.16

Arroz de espinafre

 

O meu arroz de espinafres é simples.

 

Ingredientes:

Arroz (cada um usa o que pode ou gosta)

Azeite

Cebola

Alho

Espinafres (claro!)

Sal

Coentros

Água

 

Refogo a cebola, o alho. Acrescento os espinafres arranjados e bem lavados (se for congelados e de compra é passar por água e tacho). Deixo refogar um pouco. Acrescento a água, que ponho a aquecer primeiro para ganhar tempo. Assim que levanta fervura, junto o arroz. Quando o arroz está quase cosido, acrescento uns coentros picados (folhas e pés). Apago o lume e o arroz fica a acabar de cozer. Assim não fica muito espapaçado.

Está pronto a comer!

E se a minha amiga MIF consegue fazer este arroz, acreditem que também quem diz que não sabe estrelar um ovo, também consegue fazer este arroz .

 

tags:
publicado por donadecasadesempregada às 00:52 | link do post | comentar | favorito
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
comentários recentes
Uma coisa já aprendi, quando pensamos que nada mai...
Olá!Eu costumo dizer que não escolhemos nada na vi...
Se isso se resolvesse com azulejos...
Obrigada. Devemos chorar, devemos reclamar, devemo...
Isso é que é força e união.Gostei da tua perspecti...
Os estudantes matam-se na boa e não há quem dê um ...
Este não conhecia eu... Mas é mesmo isso.Só conhec...
Já diz o ditado que a definição de um invejoso é "...
Parabéns um pouco de cada vez.
Até eu tive medo do que estava a ler! Ah grande mu...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds