16
Fev 16

Não ao alho chocho

 

Os alhos da nossa horta já acabaram .

Ou seja tive de comprar. E BOLASSSSS já não se pode comer alhos.

Estão caros como tudo. E digo isto porque como agricultora, sei que é uma cultura que ocupa muito tempo a terra, mas dai a custarem a barbaridade a que estão a ser vendidos, vai uma longa especulação.

Eu produzo primeiro para a casa, e se sobrar vendo o excedente. Por este motivo é que me colectei. Mas recuso-me a vender os meus produtos aos preços ditos "baratos" das superfícies comerciais que se dizem "baratas".

Como me vi obrigada a comprar alhos, e ao preço que estão a ser vendidos, recuso-me a perder um único dentinho de alho.

Este sábado tive de ir ao supermercado, e quando cheguei a casa, mesmo antes de começar a arrumar as compras (que não eram muitas), descasquei as cabeças de alho e coloquei os dentes de alho em agua tépida.

Arrumei as coisas e comecei a tratar do alho.

Descasquei-os, sequei-os, e coloquei-os num frasco com azeite.

Assim os alhos estão prontos a usar e não se estragam, para além de ficar com azeite aromatizado .

publicado por donadecasadesempregada às 00:22

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


21
23
24

28


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO