14
Mar 16

Hoje ganhei o meu "euromilhões".

Obviamente não estou a falar de euros, mas sim de um elogio do meu filho.

Depois de uma temporada demasiado longa, principalmente quando toca a ter filhos doentes, o meu filho vira-se para mim com um olhar super ternurento e diz-me:

"Mãe, tu já viste como és tão bonita?

Tens umas pernas com buraquinhos e uma barriga um bocadinho maior, mas isso é culpa minha e da mana.

Mas és a mais bonita de todas as mães! E és muito boa enfermeira. Já medica nem por isso.

E quando te pintas és mais bonita que as meninas das revistas.

Mãe, posso contar-te um segredo?

Adoro-te muito mãe (disse-me abraçando e sussurrando)"

 

Foi um momento lindo que tinha de partilhar. Afinal este blog não partilha só truque de tarefas ou de poupanças.

Tenho muito gosto de partilhar emoções e sentimentos.

 

Fiquem bem

publicado por donadecasadesempregada às 18:21

11
Mar 16

Olá.

Eis mais uma partilha de algo que aprendi com alguém que nunca teve muito. Bem pelo contrario, sempre tem tido MUITO POUCO. Alguém que quando não tem dinheiro para comer pede 1 ovo á vizinha com a desculpa que se esqueceu de comprar e coze-o para não se deitar de barriga vazia...

 

Mas voltando á dica:

 

Faço uma mistura de água com vinagre (faço a olho mas tento que seja 2 partes de água para 1 parte de vinagre). Borrifo as janelas e limpo-as com jornais velhos que peço na pastelaria onde vou beber o café!

 

Só mais um pequeno truque. Disseram-me para limpar os vidros de um lado na vertical e do outro lado na horizontal. Assim é mais fácil ver onde limpamos menos bem!

 

Limpa-se de forma barata e ecológica.

 

Realmente devemos dar ouvidos a quem já anda neste mundo á mais tempo e já passou por muito.

publicado por donadecasadesempregada às 09:41

10
Mar 16

Ingredientes:

 

Favas descascadas

Alhos

coentros

hortelã

Cebola pequena

Louro

Linguiça

Farinheira

água

sal

 

Preparação:

Cortar a linguiça e farinheira ás rodelas e "fritar" no próprio pingo. Retirar as rodela para um prato e guardar.

No pingo libertado pela linguiça e farinheira, refogo a cebola picada, os alhos ás rodelas, um bom molho de coentros picados, um bom molho de hortelã picada sal e o louro.

Atenção o pingo libertado pela carne por vezes é demasiado. Nesse caso não o usem todo.

Após um leve refogado adiciona-se as favas, a água até uns 2 ou 3 dedos por cima das mesmas.

Está pronto quando as favas estiverem cozidas.

Se quiserem ser ainda mais rápidas usem a panela de pressão.

As favas são servidas com uma bela salada de alface cortada em juliana e as rodelas da linguiça e farinheira.

 

Postei a receita com o alho, porque nem todos tem o privilégio de ter acesso ás folhas de alho. Isto porque tradicionalmente faz-se uma "trouxa" com os coentros, a hortelã e as folhas de alhos, e ata-se com linha. Mete-se na panela o molhinho. E retira-se antes de servir. Mas como nem todos tem esse acesso(e mesmo quem tem se não tiverem o cuidado de congelar alguns) há épocas do ano que tem de fazer as favas como eu postei. Fica igualmente bom.

 

NOTA: Há pessoas que em vez da linguiça e farinheira usam entrecosto frito. Temperam o entrecosto com sal, alho e massa de pimentão e depois fritam-no. Pessoalmente gosto mais com a linguiça e farinheira. Guardo o entrecosto para as migas .

 

Experimente e depois digam-me se gostaram ou não

publicado por donadecasadesempregada às 00:36
tags:

08
Mar 16

Recuso-me a festejar o dia da mulher.

Porquê?

Simples porque não há o dia do homem!

Afinal queremos igualdade ou excepções?

Queremos ordenados iguais.

Queremos direitos iguais.

Queremos que não haja diferenças entre homens e mulher, e depois vamos festejar o dia da mulher?

O dia da mulher é todos os dias!!!

Todos os dias as mulheres deviam ser mimadas, acarinhadas mas acima de tudo respeitadas em vez de espancadas, violada...

Se queremos ser iguais então temos de agir como tal.

Jantar só de mulheres? Saída só de mulheres?

Oh por amor da santa, isso pode ser quando nós quisermos.

Não podemos necessitar de uma desculpa para nos divertirmos.

Prefiro lutar diariamente pelos meus direitos e obrigações do que me contentar com uma desculpa para um jantar só de mulheres.

Dia da mulher é todos os dias e dos homens também.

publicado por donadecasadesempregada às 18:04

As crianças crescem a olhos visto.

Compramos roupa um pouco mais folgada para ver se dá para o ano. Chega á altura e está curto, apertado...

Comigo obviamente passou-se o mesmo.

O ano passado comprei dois macacões mas em calção á minha princesa.

Resultado não lhe serve porque está curto na altura.

Pedi á minha sogra ela já cortou um e uma blusa de alças já está. E ficou linda. Agora da parte de baixo vai tentar fazer uns calções.

O outro vai ter o mesmo destino!!!!

Assim aproveito a roupa que já não servia e poupo dinheiro!!!

publicado por donadecasadesempregada às 00:51

07
Mar 16

Eis algo que adaptei á minha rotina depois de ter encontrado esta ideia em vários blogs.

 

1 - Nas vésperas as roupas para vestir no dia seguinte já ficam separadas. Assim quando levanto os miúdos é só enfiar-lhes a "farpela". Mas com os adultos é igual!!! Vi num blog uma mãe com 3 filhas dava-se ao trabalho de ter uma cruzeta de cada cor para cada dia da semana. E no domingo as filhas escolhiam a roupa para o respectivo dia tendo atenção as actividades que tinham. Assim ao levantar-se já sabiam que a roupa da cruzeta azul (por exemplo) era para segunda, a verde seria para terça e assim sucessivamente!

Não chego a tanto, mas ajustei a ideia á minha realidade!!!!

 

2- A mesa do pequeno almoço fica já preparada para de manhã. No inverno até o leite já fica nas taças e canecas. No dia seguinte é só pôr no microondas. No verão por causa das temperaturas elevadas que temos aqui no Alentejo, salto este passo ainda assim o leite não se estrague.

Para que gosta de deixar a cozinha um brinquinho nas vésperas, então tem de ponderar, quer ganhar tempo de manhã ou ter a cozinha um brinquinho durante a noite?!?!?

 

3 - Quando levanto os miúdos, já aqueci água no microondas para eles lavarem a cara e os dentes. Assim não há o choro e a perda de tempo porque a água nunca mais aquece.

 

4 - Quanto aquela parte dos miúdos não se despacharem a comer, ainda não descobri nenhum truque a não ser ralhar!!! Alguém tem alternativa a este ponto????

publicado por donadecasadesempregada às 11:30

06
Mar 16

Estou há cerca de 5 minutos a sós. 5 minutos para respirar fundo. 5 minutos para chorar. 5 minutos para desabafar. 5 minutos... Parece pouco mas perante os meus últimos dias são uma "eternidade".

O meu piolhito mais velho adoeceu. Está fortemente medicado para uma criança de 6 anos. Na 5ª feira será novamente avaliado e depois logo se verá se tem de ser internado e operado...

Não querendo ofender ninguém, não é essa a minha intenção, mas para alguém que tinha com um dos principais objectivos na vida ser mãe(mais do que tirar um curso superior, mais do que comprar o carro XPTO, ter uma casa de sonho...), ver um filho doente é de cortar o coração.

O sentimento de impotência, a insegurança que se apoderou de mim, mas ao mesmo tempo ter de rir, brincar com os meus 2 filhos e relativizar ou normalizar a situação está a ser complicado...

Odeio ver uma criança sofrer, mas quando é um dos meus filhos...

5 minutos e um desabafo...

Tenho de voltar á minha "realidade" actual.

Fiquem bem

 

publicado por donadecasadesempregada às 18:22

01
Mar 16

Rápida e fácil

 

Ingredientes:

Feijão (ex: manteiga)

cebola

alho

azeite

louro

abóbora

coentros vinagre

 

Preparação:

Coze-se o feijão á parte em água e sal.

Faz-se um refogado com o azeite, a cebola, o alho, o louro.

Junta-se a abóbora partida aos cubos e deixa-se refogar ligeiramente.

Junta-se o feijão ao refogado, tal como a água da cozedura.

Rectifica-se os temperos.

Quando a abóbora estiver cozida, junto-lhe um pouco de vinagre (é a olho, ou melhor neste caso é o paladar que manda conforme o gosto), mexe-se muito bem.

Já agora um promenor, cá em casa gostamos da abóbora desfeita(chego a usar um garfo para a desfazer), já a minha sogra gosta dela ainda durinha mas cozida. Este é mais um promenor que varia consoante o gosto.

Desliga-se o fogão e mistura-se um bom molhinho de coentros picados.

E está pronto a servir.

publicado por donadecasadesempregada às 00:38
tags:

Março 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
16

21
23
24

27
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO