26
Jan 16

Desculpem o titulo, mas é isso que sinto.

2016 só ainda tem 26 dias e já perdi 2 primos e uma amiga...

2 tiveram finalmente descanso, após uma "eternidade" a lutar com a doença da moda CANCRO.

Ela com 49 anos, que mais parecia um sol com perna, a personificação de alegria e boa disposição, uma força de viver, deixou um marido completamente esfarrapado e dois filhos de 18 e 14 anos que mais parecias um monte de cacos... Como eu percebo aqueles miúdos...

Outro já com 83 anos, trabalhador de sol a sol. Orgulhoso de ter "doutorado" a filha, enquanto ele era "agricultor de outros tempos" (como ele dizia) e de ter 2 netos na universidade que também vão ser doutores!!! O olho inundavam de alegria quando se referia á filha e netos. Como se todo o sacrifício e privações que ele e a mulher fizeram tivesse um resultado feliz.

Outro, o coração já não aguentou tanto "vai pass fica pass" como ele dizia. Homem este muito trabalhador, honesto, amigo do seu amigo e muito sofrido. Perdeu o companheiro de trabalho (o filho) com uma septicemia, simplesmente porque doía o estômago, mas com tantas contas para pagar não podia dar ao "luxo" de faltar ao trabalho para ir ao médico. Quando foi, já não voltou a trabalhar. Com apenas 33 anos partiu deixando os pais de rastos, um filho que fez 1 ano 2 dias após o funeral do pai e a sua princesa com 4 anos. Poucos anos mais há frente o coração "vai pass fica pass" viu partir a companheira de uma vida também nova (50 e poucos anos). A partir daí dedicou-se aos netos, mas o coração começou a falhar demasiados. Aos 75 foi a vez dele se juntar ao filho e mulher...

 

Em apenas 26 dias... Sim 26 dias de 2016 o mundo perdeu 3 bons corações, 3 trabalhadores honestos, 3 pais/mãe de família, 3 pilares... E cá ficam assassinos, ladrões, corruptos, traficantes e muito mais escumalha que só vivem para fazer mal, só vivem para a destruição...

 

Que merda de vida...

 

publicado por donadecasadesempregada às 16:59

Eu e o meu marido, numa tentativa de poupar alguns cêntimos, resolvemos tentar uma nova estratégia.

Depois de muitas contas feita, estipulamos quanto se pode gastar por dia. Mas sempre com a mente virada para a poupança.

Ao fim do dia, todas as moedinhas que sobrarem vão para um frasco.

No mês que vem, quando ele receber novamente, trocamos as moedinhas e guardamos-las num mealheiro que vai estar "selado" por 2 cadeado. Uma chave tem o meu marido, a outra tenho eu. Ou seja assim não há a tentação de lá ir. Assim só vamos tirar o dinheiro se os 2 tivermos de acordo em mexer!!!!

Atitude drástica? Sim talvez, mas cada um sabe de si, e perante as novas rasteiras da vida, só temos de arranjar a maneira de não cair!!!

Tinha de partilhar esta nova doidice cá de casa...

publicado por donadecasadesempregada às 00:26

Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
16

17
21
22
23

30



subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO