09
Out 15

Pimentos assados

 

Mais uma vez para aproveitar o que a horta nos dá, vou assar pimentos.

Se fica em conta, não faço a mínima ideia. Nunca fiz contas. Mas que já provei pimentos assados de compra e, modéstia á parte, mas prefiro os meus.

Como faço?

Simples simples.

No meu caso, forro o tabuleiro do forno do fogão com papel de alumínio e coloco os pimentos inteiros, deixando um espaço de 1 dedo entre eles. Podem usar a patusca mas leva menos quantidade de pimentos.

Depois é deixar cozer.

Vai-se verificando a cozedura e sempre que necessário vira-se os pimentos.

Quando já estão cozidos, coloco-os num recipiente com água fria. Deixo-os arrefecer e é só tirar a pele a as sementes. Ponho a escorres e congelo em doses que vejo que são suficientes para uma refeição.

Gosto mais dos meus, não só porque sei como foram feitos, mas também porque ficam cozidos como nós gostamos.

Volto a referir, não sei se fica mais em conta mas cá em casa faço e irei continuar a fazer porque adoramos.

Por vezes a qualidade também tem de prevalecer mesmo mediante a crise. E como não compro os pimentos, só pago o gás. Mas quando asso pimentos, não asso só 6 ou 7. Faço as coisas para assar 3 ou 4 "fornadas". Isto tudo para aproveitar o forno quente de umas vezes para as outras.

Esta é a minha sugestão. Se é anti-crise para vocês? Não sei. Cá para casa é!

 

publicado por donadecasadesempregada às 10:12

Outubro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO