Quinta-feira, 27.08.15

Poupar água

 

Fiz uma pesquisa na net para ver se descobria como ser amiga do ambiente e, peço desculpa a minha sinceridade, principalmente amiga da minha carteira.

Cheguei a uma conclusão aflitiva. As dica que encontrei já aplico...{#emotions_dlg.sidemouth}

Mas mesmo assim partilho aqui as minhas poupanças amigas da carteira e do ambiente.

 

- Garrafa no 1,5L no autoclismo

 

 

- Lavar os dentes uso uns copos para cada um, cuja água pode ser amornada no microondas. Assim não só poupo na água como no gás.

 

 

- A água fria que corre antes de tomar banho é guardada em garrafões. Assim dá para fazer comida, regar as flores, lavar o chão, beber...

 

 

- quando lavo o carro (confesso que só deve ser umas 2 a 4 vezes por ano!) faço com baldes. É que com ela suja ninguém se encosta a ela e evitam-se alguns riscos{#emotions_dlg.tongue}.

 

 

- Para o jardim comprei uma "pistola" para regar. Não sei se é o nome do objecto, mas foi o nome com que eu a baptizei! É um utensílio que coloca-se na mangueira e permite escolher a forma de rega. Vai desde jacto, a uma chuvinha miúda. Para isso basta rodar e escolher a forma que se quer. A juntar a isso tem um botão que me permite fechar a água antes de chegar á torneira. Tem sido muito prático e económico. Estou muito satisfeita.

 

 

- A água de lavar os legumes é usada para regar os vasos.

 

 

- Faço a rega no quintal ou de manhã bem cedo ou já bem depois do sol se por (por volta das 22h ou 23h) é que assim gasta-se menos água e as plantas usufruem muito mais dessa preciosidade.

 

 

- Água do desumidificador é guardada em garrafões (devidamente identificada) e é usada no ferro.

 

- Outra medida de poupança é usar água de fontanários. Nós aqui na nossa zona temos umas quantas fontes, cuja água é analisada periodicamente e os resultados são publicados. Logo se a água não está boa para consumo, os próprios serviços municipais tratam de colocar avisos. Como tal cá em casa e em conjuntos com os meus sogros temos perto de 40 garrafões para irmos á água a estas fontes. Depois usamos para beber e para fazer comida. Agora com o surgimento dos garrafões de 6L temos (a pouco e pouco) substituindo os de 5L pelos de 6L. É que numa só vez trazemos mais água {#emotions_dlg.blink}.

 

Agora dizem-me, mas assim tem de comprar garrafões de água!!! Sim é verdade. Mas como tenho pedras no rins foi-me aconselhado a beber MUITA água mas ir variando. Assim de vez em quando compro garrafões de água para variar. É assim que vamos substituindo. Aliás é aconselhado substituir garrafas ou garrafões periodicamente. Porque eles próprios vão-se degradando.

 

- Como fiz referencia no post de poupar gás, no verão aqueço a água dos banhos ao sol. Mas não poupo só no gás, poupo muito na água. Ainda ontem tinha 25 litros de água aquecida ao sol e não foi preciso tudo para dar banho aos meus pardalitos. Ainda sobrou quase 5litros. Ou seja com apenas pouco mais de 20litros de água aquecida ao sol dei banho a 2 crianças. E a princesa teve direito a banho de imersão!!!

Nos poupamos, as crianças aprendem a poupar e toda a gente divertiu-se com os "banhos de caneca".

 

- Há quem tenha o hábito de passar os pratos por água antes de os pôr na máquina.

Cá em casa, não há esse hábito. Mas os pratos também não vão cheios de restos para a máquina. Uso os guardanapos da refeição e depois estes vão para o lixo e o pratos vão para a máquina quase “lavados”.

Simples, rápido e super económico.

 

(Novo) - Este ano vou colocar algeroz e canalizar a água da chuva para uma cisterna. Se chover para o verão vou ter água para regar o jardim sem gastar água da rede!!! (Novo) 

 

Bem de momento não me lembro de mais nenhuma, mas se me lembrar de algo que não coloquei, ou que entretanto aprendi, prometo que partilho.

publicado por donadecasadesempregada às 09:45 | link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26.08.15

Neste belo país, com um povo cheio de qualidades que é massacrados constantemente.

Onde uns tem direito a tudo e os que realmente precisam não tem direito a nada.

Onde há pais com ordenados mínimos que têm de arranjar orçamentos de estado para colmatar as despesas de um filho com problemas de saúde...

Quando estamos num país onde se discute se uma mulher deve pagar (seja lá o que for) para fazer um aborto, em vez de se discutir a "obrigatoriedade" do pagamento de fisioterapias e tratamentos para quem nasce com problemas de saúde graves de permanentes, tal como um "ordenado" para o seu cuidador...

Quando estamos num país que dá a reforma antecipada a pessoas que têm uma perna mais curta que a outra e obriga a doentes oncológicos em fase terminal a trabalhar.

Quando estamos num país que dá prioridade a leis de protecção para os animais em vez de dar prioridade a leis para protecção dos seus "velhos"...

Quando estamos num país que dá a liberdade a quem viola e rouba milhões e prende quem rouba um pão para dar de comer aos filho...

Quando estamos num país em que um puto de 25 anos pode ser secretário de estado do ministro A ou B e uma pessoa com 40 anos desempregada é velha para trabalhar...

Quando estamos num país em que um puto de 24/25 anos acabadinho de sair da universidade sem "experiencia de vida" pode ganhar 4 ou 5 mil euros a trabalhar no estado e um funcionário publico com 20 anos de casa ganha o ordenado mínimo...

Faz-me pensar: será que este país está de pernas para o ar?

O que me apraz é saber que há meia dúzia de "carolas malucas" que se juntam para angariar tampas para ajudar A ou B...

Que há meia dúzia de "carolas malucas" que andam a recolher latas, embalagens tetrapack e afins para ajudar os pais de uma criança a arranjar dinheiro para poderem fazer fisioterapia, na esperança de verem um dia o filho andar sem ajuda...

Saber que há meia dúzia de "carolas malucas" que se juntam para irem ajudar o "velhote" A ou B a pintar a casa...

Que há meia dúzia de "carolas malucas" que através de muita persistência arranjam comida para A ou B...

Começo a chegar á conclusão que este país precisa de ser governado por meia dúzia de "carolas malucas".

Porque são as "carolas malucas" que existem neste país que ajudam a minimizar algumas situações provocadas pela desgovernação dos nossos governos...

Bem hajam "CAROLAS MALUCAS"

 

 

publicado por donadecasadesempregada às 10:51 | link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18.08.15

Aproveitar as sementes para semear para o ano

 

Pois é meus amigos e amigas. Se há altura que podemos fazer render o nosso "peixe", neste caso a nossa horta, esta é uma dela.

Isto tudo porque podem aproveitar as sementes das vossas culturas de agora para semear para o ano.

Por exemplo, as sementes do tomate. Quando forem usar tomate na comida, tirem as sementes de 1 ou 2 ou 3 (depende da quantidade de plantas que pretendem ter). Depois coloquem-nas num coador e lavem-nas bem. Espalhem-nas num papel absorvente e deixem-nas secar. Elas vão "mirrar" um pouco mas nada de preocupante. Depois de BEM secas é guarda-las um frasco. Não se esqueçam de identificar e colocar a data.

Desta forma podem aproveitar a sementes de abóbora, pepino, feijão verde(neste caso já têm que fazer uns passos um pouco diferente)...

O Feijão verde, basta deixarem umas vagens na planta. Elas criam o feijão lá dentro e secam na própria planta. Depois é só colher a vagem bem seca(parece palha) e abrir. Neste caso a natureza trata de tudo. Só temos o trabalho de descascar(que é super rápido) e guardar.

Também podem deixar MUITASSSSS vagem de feijão verde na planta e assim também ficam com feijão branco para a feijoada!!!

Assim poupam dinheiro em sementes no ano que vem.

 

 

 

Caracóis

Só uma pequena dica.

Para quem tem galinhas, usem as cascas de caracóis para dar ás galinhas. Basta parti-las mesmo com os pés. São baratas, pois qualquer café com boa vontade guarda as cascas e estas ajudam a fornecer cálcio para as galinhas. Assim as cascas dos ovos também ficam mais fortes e não se partem com tanta facilidade.

Eu já falei com 2 cafés de pessoas conhecidas, e eles guardam-me as cascas. Só tenho o "trabalho" de lá ir buscar.

Serão muitas cascas ou muitas galinhas. Apenas guardo-as para ir usando o máximo tempo possível, ou seja, mesmo quando já não há caracóis!!!

Dica fácil, barata e acreditem que dá uns tostões  (menos ovos partidos, logo mais ovos para casa!!!!)

Fiquem bem, aproveitem a vida.

 

 

Ervas aromáticas

 

Ora muito bem, vamos lá tocar no assunto.

Alguém tem um vaso com orégãos? Ou com hortelã da ribeira, ou com poejos, ou com tomilho...?

Muito bem, tenham calma se estão a ver as coisas a secar. É muito simples. Corta-se quase junto á terra. Com um fio ata-se e faz-se um molho. Pendura-se em lugar seco para poder secar bem. Depois é só guardar em caixas ou frascos e temos sempre á mão essas ervas super boas para a comida e para a saúde sem haver desperdício ou gasto desnecessário de dinheiro.

Depois se forem regando, as plantas rebentam novamente!!! Só não afoguem a planta nem a deixem morrer á sede...

Já a salsa, hortelão e coentros, piquem-nos em verde e congelem. Poupa-se e renova-se a planta.

Simples, fácil, não dá milhões mas poupa cêntimos!!!!

Simplifique a vida e sejam felizes

 

 

 

 

Por falar em mosquitos...

Por falar em mosquitos. Há outras formas de minimizarmos estes ataques.

Para além de evitar as águas estagnadas, também podemos usar plantar.

Temos a citronela, que afasta mosquitos, mas também, moscas e formigas. Para além de ser "insecticida" natural, podemos usar para fins medicinais.

O Manjericão também é bom para afugentar a bicharada e é apetitoso na comida.

Tomilho. Sim também esta planta é boa para afugentar mosquitos.

E parece que a erva cidreira também possui poderes de insecticida.

Reparem numa coisa, todas estas plantas tem um aroma a limão, certo?

Agora pergunto eu: será que é o toque de limão que afugenta a bicharada?

Tenho de ir pesquisar e perguntar aos mais velhos. Sim porque os mais velhos são autenticas "enciclopédias das mesinhas caseiras"!

O segredo está em plantar em vasos/floreiras/barras o mais perto possível das janelas. E segundo me disseram as plantas devem apanhar sol e serem regadas ao anoitecer para intensificar o cheiro que é libertado pela planta.

Sejamos francos, com estas medidas podemos poupar nos insecticidas e ainda temos ervas aromáticas para consumo caseiro!

Mais uma vez a natureza a beneficiar a carteira.....

 

 

 

 

Mosquitos

 

Devem estar apensar "boa agora é que esta se passou... o que tem os mosquitos a ver com as hortas?"

Acreditem que tem.

Para aquelas míni hortas feitas em varandas, que usam vasos e floreiras? Bem é mais para estas situações que estou virada hoje.

Ao usarmos vasos ou floreiras, também vamos usar os pratos para reter  a água excedente, certo?

E é essa mesma água que os mosquitos adoram para colocarem os seus preciosos ovos...

Antes de atacarmos logo com os aerossóis, o melhor é fazermos prevenção.

Usem suporte nos vasos e nas floreira por forma a que fique elevados.

Por baixo colocam os ditos pratos.

Reguem normalmente. Esperem um pouco (ex:1h).

Quando virem que já não pinga água, podem arranjar um garrafão com um funil e aproveitem a agua dos pratos.

Estão a prevenir o aparecimento dos mosquitos e estão a poupar água. Sim essa água pode servir para regar outra vez sem problemas nenhum. Além disso não ficam com o chão da varanda sujo!!!

É só benefícios

 

 

Coentros

Não sei como é com vocês, mas cá em casa usa-se muitas ervas aromáticas.

Como os coentros que tinha já eram, vou semear mais.

Confesso que já era para o ter feito. Há quem diga que, para ter sempre bons coentros, deveríamos fazer sementeiras de 3 em 3 semanas.

Sinceramente, cá em casa semeamos novos, quando os "velhos" já estão a espigar.

É o que vai acontecer agora. Mas como o calor no Alentejo é BOM, por esta altura vou semear estes coentros em vasos e coloca-los debaixo da laranjeira. Mas não lhe ponho pratos. Assim quando regar o excesso de água escorre e não corro o risco de afogar as plantas. Como ficam debaixo da árvore, obtém luz  mas não estão expostos directamente ao sol. Logo vão aguentar mais tempo sem espigar.

Só mais uma dica, para não desperdiçar a água da rega, há uns suportes que elevam os vasos. Desta forma dá para pôr um prato por baixo do vaso para aparar a água da rega sem que o vaso esteja em contacto permanente com a água.

Bem aqui fica a dica de hoje.

Fiquem bem e aproveitem o melhor que a natureza dá.

 

 

 

 

Salsa

Nesta altura a salsa já está a espigar (ou seja vai começar a criar flor, que depois "transformam-se" em semente).

O que eu faço cá em casa é o seguinte. Deixo dois ou três pés de salsa para criarem semente. Assim aproveito-as para semear mais tarde, e com isto começo a poupar dinheiro. A restante salsa, arranco-a, tiro-lhe a raiz, pico-a e congelo-a. Aproveitem também os pés que dão um rico sabor. Assim tenho sempre salsa e volto a poupar dinheiro.

E garanto-vos que mesmo congelada, tem mais sabor que a fresca de compra .

Se fazem a sementeira da salsa em vaso, deitem essa terra no compostor. Assim a terra vai adquirir mais nutrientes.

Fiquem bem e aproveitem os deliciosos sabores da vida .

 

 

 

Compostagem. O que é?

Como fazer?

 

A compostagem é um processo natural de transformar matéria orgânica em compostos mais simples que podes ser usados como nutrientes pelas plantas.

Reparem. A natureza é mestra em compostagem. Sejam resíduos vegetais ou animais. A natureza aproveita tudo de uma forma o mais natural possível.

Ora nós também podemos fazer o mesmo em casa.

Para tal basta comprar ou fazer um compostor e aproveitar toda a matéria orgânica que tem em casa.

Há quem não goste de aproveitar os restos de comida, porque durante o processo de decomposição, há a libertação de odores não muito agradáveis. Há quem não se importe com isso a aproveita TODO o que possível.

Por exemplo, a planta que tem no WC tem umas folhas secas. Retire-as e coloque-as no compostor.

Comeu uma peça de fruta e sobrou o caroço. Coloca no compostor. Fez sopa e uma salada, logo há cascas. Coloca-as no compostor. Varreu o quintal e há alguma terra e folhas. Coloca no compostor.

Uma planta que tinha num vaso morreu. Coloca os restos da planta e da terra no compostor.

Mas atenção, a compostagem é um processo LENTO. Podemos "acelera-lo" usando microrganismos.

Lembrem-se, numa floresta quem é que trabalha no processo de compostagem? É um mundo de pequenos seres que são vitais para a compostagem.

Vantagens da compostagem?

Produzimos a nossa própria matéria orgânica para usarmos mais tarde nas nossas hortas, reduzimos a quantidade de lixo orgânico que vai para os aterros, reduzimos os sacos de lixo.

É só poupar.

Pensem bem no assunto.

Fiquem bem, vivam a vida e sejam ecologicamente poupadinhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 imagem tirada da net

 

Rosmaninho

 

No dia que forem ao funcho para fazer com o feijão, levem um sachinho e aproveitem para trazer um pouco de rosmaninho com raiz para porem num vaso. Se não quiserem num vaso, levem uma tesoura de podar e cortem uma porção para secar. 

 

Também já ouvi chamar-lhe alfazema, mas como não sou expert continuo a chamar rosmaninho que foi assim que aprendi! Por esse motivo meti a foto da flor para melhor identificarem.

 

Ora sempre me disseram que esta planta era boa para afugentar mosquitos, que podemos usar a flor seca em pequenos saquinhos para afugentar a traça da roupa, mas pessoalmente eu uso para por na carne. Meu Deus fica divinal {#emotions_dlg.drool}. E umas espetadas feitas com os paus do rosmaninho????? É muito simples, tiram as folhas dos pauzinhos mais grossos (que colocam num recipiente e vão deixar secar para mais tarde usarem num assado de carne por exemplo) e põem de molho em água (este truque é somente para os paus não queimarem quando se grelha a carne), depois faz-se a espetada e grelha-se. Mas os paus acabam por libertar a essência do rosmaninho para a carne e confere-lhe um sabor singelo mas muito agradável.

 

Aqui fica mais uma ideia bem cheirosa para a vossa hortinha.

 

 

 

 

 

 

 

 

Hortelã

 

A hortelã é daqueles temperos que se podem comprar em vaso até no supermercado.

 

Mas se comprarem, aconselho que a tirem daquele vaso tão pequenino.

 

Isto porquê?

 

Porque, estamos a tratar de uma planta de se expande.

 

Para quem está a aprender a usar a terra, a hortelã é uma "trepadeira". Só que em vez de trepar expande-se mas de uma forma rasteira.

 

Ou seja a planta se continuar num vaso vai ficar bonita por uns tempos mas depois vai precisar de expandir para continuar bonita.

 

Como tal aconselho a que comprem uma floreira e um saquinho de substrato. Fazem uma cova no meio da floreira e colocam a hortelã com o queijo(queijo é o nome dado á terra que vem dentro do vaso).

 

Assim a planta não se resente da mudança. É ir regando e aproveitando as propriedades da hortelã.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem tirada da net

Ervilhas

 

Para quem gosta e tem possibilidade, está na hora de semear umas ervilhas.

 

A minha sugestão para quem tem pouco espaço, arranjar 2 ou 3 vasos e colocar 3 ou 4 ervilhas em cada vaso.

 

Depois é ir regando e esperar que nasçam.

 

Quando nascerem, mesmo que não sejam ervilhas de armar ou trepar, aconselho a arranjarem uns suportes para as ampararem. Pois elas têm a tendência para fazer uma moita, o que não é muito bom para apanhar as ervilhas. É que estamos a falar de uma planta muito "tenra" que se parte com alguma facilidade.

 

Se optarem por ervilhas de trepar, aconselho a sugestão da treliça. Ajuda muito na apanha e fica engraçado.

 

Aqui fica mais uma ideia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acelgas

 

Esta planta, a meu ver é uma boa escolha para ter nas varandas.

 

Isto porque dá-se muito bem em vasos grandes e pode ser usada como se espinafre se tratasse.

 

Tem folhas grandes, um sabor parecido com o espinafre, pode-se ir cortando folha a folha que a planta vai produzindo mais. E uma ou duas folhas dão quase a mesma quantidade de verdura que um molho de espinafres!!!!!!

 

É um alimento muito nutritivo de baixa caloria, com uma quantidade extraordinária de vitamina K, A, C,minerais como sódio, magnésio, potássio e ferro entre outros.

 

Deixo aqui esta sugestão para a vossa hortinha.

 

 

Usar treliças na horta caseira

 

Um dia deste em conversa com umas pessoas, fartámo-nos de rir por causa das nossas "invenções" para ultrapassar momentos menos bons.

 

Estávamos num café e eu estava virada para a janela. Depende os meus lindos olhos castanho bateram numa treliça do género da que está na foto.

 

Foi então que esta cabeça começou logo a trabalhar...

 

Como podem ver a treliça que está na foto tem flores, mas já a imaginaram por exemplo com feijão verde? Ou com tomateiros de armar??? Ou ervilha de armar???

 

Pois é, é uma coisa super barata tendo em conta as múltiplas funções que tem. E a variedade que há? Umas de madeira outras metálicas ou até mesmo de plástico. Ás ripinhas verticais ou horizontais, aos quadrados.... enfim há uma pernafernália de variedade. Podemos escolher entre o estético vs custo vs funcionalidade. Qualquer AKI, Bricomarche, IziBuild, Leroy merlin tem uma variedade considerável e a preços muito em conta.

 

E tenham atenção, com a primavera a chegar, vão começar as promoções de material de jardim, logo quem poder aproveitar...

 

Só mais uma chamada de atenção. Há umas aos "quadradinhos" que são só de aparafusar á parede. Ora se não deixarmos com um espaço entre a treliça e a parede, a planta não vai conseguir trepar. Nesse caso aconselho a usar uma espécie de cubo , colocado a cada canto e que permita afastar a treliça da parede mas que permita uma fixação segura.

 

Mas para quem tem acesso ao campo, dou ainda outra sugestão: Vão apanhar canas e com umas cintas de fixação rápidas (há nos chineses uns sacos com umas 100 por uns meros 0,5€ a 1€), ou corda/cordel, ou ráfia... fazem uma treliça personalizada e praticamente a custo 0.

 

Bem aqui fica mais uma ideia.

 

 

 

 

 

 

 

Reaproveitar garrafões para fazer uma mini horta

 

 

 

     No post Poupar água, fiz referência ao facto de estar a substituir garrafões de 5L por 6L. Os velhinhos não vão para o lixo. NEM PENSAR. Quanto muito irão para o ecoponto. Mas antes vou dar-lhe outro uso. Esta ideia foi-me enviada por uma prima via facebook. Como ela sabe que sou daquelas de aproveitar/reciclar, ela volta e meia vai-me dando ideias. Umas já as conhecia outras aproveito e experimento.

 

      É o caso da ideia de aproveitar os garrafões para uma mini horta. Como estamos com os cintos super apertados todas as ideias baratuchas são bem vindas.

 

     Quem tem varandas também pode aproveitar esta ideia.

 

    

 

 

 

 

 

publicado por donadecasadesempregada às 09:19 | link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito (1)
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
28
29
30
31
comentários recentes
Os estudantes matam-se na boa e não há quem dê um ...
Este não conhecia eu... Mas é mesmo isso.Só conhec...
Já diz o ditado que a definição de um invejoso é "...
Parabéns um pouco de cada vez.
Até eu tive medo do que estava a ler! Ah grande mu...
As pessoas estão a ficar com os princípios todos t...
Assim espero, mas também espero muitas dores (de c...
O que me está a seduzir na dieta paleo e o modo de...
penso que as natas são completamente proibidas no ...
Vai dar trabalho, mas é a vossa casa, e começar do...
Posts mais comentados
26 comentários
10 comentários
8 comentários
7 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
blogs SAPO
subscrever feeds